quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

A faca e o queijo

Pela manhã ao acordar fiz o mesmo ritual de sempre (xixi, dentes, cabelo). Fui até a cozinha para tomar café e minha mãe já estava lá, em pé próxima a mesa, fiquei encostada na geladeira olhando-a, ela ia cortar o queijo, pôs a mão no pão e como era de se esperar, cortou a primeira fatia .. Fiquei um pouco tonta, fiquei mais tonta, senti uma tontura que não deu para suportar, então cai. Acordei em uma cama de hospital e a única coisa que me lembrava era que na noite anterior suas palavras tinham sido a faca e meu coração o queijo.

                                                             deia.s

13 comentários:

  1. Intenso.
    Você escreve muito bem, MUITO bem mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, amei!!!!
    Já tô seguindo!
    Bjo!

    ResponderExcluir
  3. Estou seguindo você! :)

    Sobre o texto... Adorei! É intenso, com um desfecho rápido e... Quiçá, inesperado!
    De fato, palavras, facilmente, se transformam em facas... Coitado do nosso coração.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  4. Nossa, muito intenso. E rápido. Amei
    beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi seguindo vc!
    Seu texto muito intenso "lindo"

    ResponderExcluir
  6. Eita preula! :O
    Deia, você escreve muito bem mesmo. Seus textos são dahora. ^^

    ResponderExcluir
  7. Eu simplesmente adoro ficar aqui.
    Seus textos são, são...são SEUS TEXTOS.
    Sem mais definições, eu simplesmente admiro. Muito talento guria! Adorei as fitinhas no plano de fundo!

    um beijo.

    ResponderExcluir
  8. Que lindooooooooooooooo!
    Parabens s2

    e muito obrigado elos comentarios fofos que me deixou s2

    ResponderExcluir
  9. Obrigada pela força gurias :D
    Os blogs de vocês são encantadores! :*

    ResponderExcluir
  10. Amei o texto :D escreve muitoo e alias o blog é perfeito se quiser passa no meu é http://anjosepecadores.blogspot.com/ beeijos

    ResponderExcluir

"Venha quando quiser: – Tem espaço na casa e no coração."