quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Vivendo do talvez


Eu era apenas o vendedor de pipoca, e ela a mulher que passeava com o cachorro.
Eu queria poder conhecê-la melhor, e ela .. Bem .. Ela nem ao menos sabia da minha existência.
Eu ficava ali todo final de semana fazendo meu humilde trabalho, ela vinha quase nunca.
Eu era só, sozinho. Ela tinha tantos, poderia ter todos.
Acho que fico bem assim, como um fã desconhecido, creio eu, um desconhecido entre tantos.
Talvez um dia ela compre pipoca, talvez.
Talvez um dia ela venha até aqui, talvez.
Talvez um dia a gente troque um bom dia, talvez.
Talvez um dia sejamos alguma coisa, talvez.
Talvez um dia sejamos o que eu queria que fossemos, talvez.
Talvez um dia eu não esteja mais aqui, talvez.
Enfim, talvez eu viva de um talvez, talvez.

                                                                                  deia.s

23 comentários:

  1. Oi flor obrigada pelo elogio ao blog e por me seguir, tb estou seguindo a ti, tdo mto doce por aqui bejus

    ResponderExcluir
  2. esses "talvez" dilacera ;~

    gostei muito do teu blog!
    obrigada por me seguir,
    estou te seguindo também...
    e voltarei :D

    ResponderExcluir
  3. Oi.
    Gostei do seu blog.
    Pode seguir meu blog ?
    http://xxx-memories-xxx.blogspot.com/
    Ficarei feliz em ver você lá no meu blog.

    Obrigada pela atenção, beijoos ♥

    ResponderExcluir
  4. Oi minha querida, tem selo pra voce la no meu blog,
    Beeijos (:

    ResponderExcluir
  5. Own, que textinho lindoooo, Deia!
    Amei. Parabéns!
    *-*

    ResponderExcluir
  6. lindo texto muito bem elaborado, parabéns
    adoro esse Blog.

    ResponderExcluir
  7. que querida. Obrigada :$
    já sigo ! :b

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Adorei o post. Mas nem sempre podemos viver do talvez, porque ele tem sempre seu lado ruim, e é o que realmente enxergamos, que é só um talvez.
    Mas, belo texto. Lindo!

    ResponderExcluir
  10. Talvez...
    Como sempre, perfeito!!!!
    Bjo!

    ResponderExcluir
  11. Adorei o blog. Retribuindo a visita e seguindo. Simplesmente adorei *-*

    ResponderExcluir
  12. Deia, minha querida.
    Te indiquei com o próprio selo que ganhei de ti.
    Afinal, não teria como não indicar!
    Escreve com Alma, com sinceridade e com amor.
    É merecedora. E como já indidou, fica tudo certo.
    Beijos enormes ;*

    ResponderExcluir
  13. Muito bom ! o BLOG, OS TEXTOS, TUUUUUUUUDO (:
    Eu já estou seguindo.
    Porque é tão abstrato viver de talvez, da incerteza, mas é tão mais fácil, mais cômodo.
    Bjs, volto sempre !

    ResponderExcluir
  14. ótimo texto ... talvez ! SHASUAHSASISIahisuahuishuias GOSTO MUITO DO SEU BLOG ♥

    ResponderExcluir
  15. LINDA POSTAGEM!
    Aqui ta lindo Déia.
    Desculpa minh ausensia, rs.

    ResponderExcluir
  16. Obrigada por seguir o www.beijoseabrasos.blogspot.com Também gostei do seu blog, parabéns! Bjs

    ResponderExcluir
  17. me impressiono com suas palavras. Parabéns! beijo.

    ResponderExcluir
  18. Ótima postagem! gostei bastante. Nem tenho muito o que te falar, adoro tua escrita, é sincera demais (:

    ResponderExcluir
  19. Talvez... talvez um dia a palavra talvez faça rima suave com possibilidades ou probabilidade... Talvez essa ponte se encurte entre ambos, vai saber.

    ResponderExcluir

"Venha quando quiser: – Tem espaço na casa e no coração."